uma viagem na viagem

Olha, me julguem, mas eu não amei Santiago. Nada pessoal, nada que tenha acontecido, mas não fui pega pela vibe – que na verdade, não tem vibe hehehe.Por isso, fui atrás de alguma energia power – pra, quem sabe, mudar minha opinião sobre esses dias por aqui. E JÁ DIZIA O DITADO: QUEM PROCURA, ACHA!…