Tassicompartilha Tassindica

10 THINGS YOU SHOULD KNOW ABOUT SERBIA

Hi there! Use Google Translator in the sidebar to read in your language 🙂 

Depois de todo esse tempo aqui <mesmo com a pandemia, mesmo com tantas restrições>, eu tenho descobertos coisas incríveis sobre essas pessoas, essa cultura, costumes e, claro, quero dividir um pouco dessa minha experiência e aprendizados com vocês.

*Aguenta firma, que vai ter vídeo sobre isso.

Para me ajudar com esse conteúdo, vou ilustrar com trechos do livro mais fofo chamado “SNIPPETS OF SERBIA”, escrito por Emma Fick (que merece todos os méritos por ter retratado tão bem o que estar aqui representa.

Vamos lá!?

1. KAFANA

Kafana é uma das coisas mais típicas daqui. Um restaurante/café/bar não sei como definir – mas é onde os amigos se juntam para qualquer coisa que queiram fazer juntos. Antes da pandemia, rolava música ao vivo, uma festa sem fim. JURO, U M A F E S T A S E M F I M.
Ziveli! (It means Cheers in serbian)

2. GASTRONOMIA

Bom, eu sou vegetariana, mas a base deles aqui é a carne. Quando eles escutam a palavra VEGETARIANA só falta chorarem por mim, por eu não poder provar as delícias deles.

Mas, entre as opções que eu posso provar, TODOS os pães, queijos, feijão, ajvar (antepasto de páprica) tudo é de comer de joelhos ❤

3. O SENHOR DO TEMPO

Isso é bem legal! Eu, que vim de uma cidade caótica, gigante, onde não temos tempo para nada (ou estamos correndo contra ele), estar aqui é sentir que sempre há a possibilidade de algo acontecer. MAS, a hora que der! Ou seja, não tem muito rush, muito estress ou compromisso com o relógio (o que, neste caso, me traz uma sensação de “desestressar”).

4. MITOS, LENDAS E CRENÇAS

Tem uma coisa muito engraçada, TODO MUNDO aqui tem alguma receita milagrosa para curar qualquer tipo de doença, sabem tudo de tudo e seguem piamente algumas lendas urbanas – como SAIR DE CABELO MOLHADO NÃO PODE DE JEITO NENHUM, ANDAR DE MEIA OU DESCALÇA JAMAIS, SENTAR DIRETO NO CHÃO PELO AMOR DE DEUS!

É muito fofo, dá aquela sensação de que todos se preocupam e querem sempre o seu bem.
Alguns exemplos do que eu estou falando nas fotos abaixo.

5. RAKIJA

O drink nacional da Sérvia!
A Rakija está para o país assim como a caipirinha está para o Brasil – mas, honestamente, sou team rakija.

Basicamente, é uma bebida destilada feita de fruta (como vocês podem conferir abaixo).
É super forte e, por mais que sirvam em um copo de short, NAO É UM SHOT
(eu quando cheguei aqui achava que era, tomava uns 4, 5… pessoal pensando que eu era louca RISOS hehehe).

A rakija é pra ser degustada, pra ser saboreada – não importa a hora do dia ou se você está tomando um café, almoçando, tomando cerveja. RAKIJA é parte deles.

*fico pensando se talvez seja esse o segredo para essas pessoas serem tão lindas.
Sigam meu conselho, bebam rakija

IMPORTANTE: você deve seeeeempre optar por homemade. Dependendo do bar que você pedir, posso jurar que você vai ter uma péssima experiência. Pergunte para qualquer civil e eles irão te recomendar algo bom sempre.

6.LET’S HAVE A COFFEE

Quando cheguei aqui não entendi porque todas as pessoas me convidavam para tomar um café.
De um date a uma família, de uma amiga ao dono do restaurante.
Eu pensava: “cara, essas pessoas só querem tomar café? Por que ninguém quer sair pra beber e encher a cara?”.

FECHA ASPAS.

VAMOS TOMAR UM CAFÉ QUER DIZER QUALQUER COISA. Quer dizer: vamos sair, vamos almoçar, vamos passear, vamos dar uma volta, vamos sentar num bar, vamos na praça…
Simples assim.

Então, qualquer que seja a intenção entre um sérvio, ele vai sugerir um café – não se espante se chegar num bar, num rooftop, numa festa ou apenas caminhar por aí. Isso é tomar um café, ok?!


DICA EXTRA: eles também amam café, então vale entender como estão nomeados por aqui.

7. PEKARA E SNACKS

Meu deus do céu! Se tem algo MUITO DELICIOSO aqui são as padarias – Pekara no idioma local.
Não importa qual, onde, etc. todas elas são muito maravilhosas.

Aliás, lembro que quando eu cheguei aqui, uma das coisas que mais me marcou foi o cheiro de padaria daqui.
Apenas prove tudo, sem medo de ser feliz.

Ah, e outra coisa que eu amei desde que cheguei foi ver que o snack nacional é PIPOCA (eu sou doida por pipoca). Além disso, sorvete e um tipo pretzel também são mania por aqui.
APROVEITE!

8. KIOSK E PARTICULARIDADES

Se precisando de QUALQUER coisa, dirija-se a um quiosque que lá você acha.
De verdade, vende tudo, tem um em cada esquina, muitos funcionam 24h (o que ajuda a salvar a larica da madrugada nessa pandemia).
E, assim como grande parte das coisas por aqui, tenha sempre CASH.

Também atente-se a esses itens quando for em um supermercado:
PLAZMA: a melhor bolacha maizena do mundo, pode confiar!
VEGETA: um temperinho deles que dá um toque especial na comida.
e os demais itens da imagem falam por si.

ANOTA!

9. SLAVA

A religião maioritária aqui é a Ortodoxa. Por isso, toda família aqui possui um santo (que atravessa gerações).
E no dia desse santo as famílias comemoram sua Slava.
Basicamente isso, por assim dizer.

Mas, o mais interessante é: tem comidas típicas, tem rituais, tem muita visita batendo na porta, tem muito amor.
E pasmem, meio que a celebração dura um final de semana todo.

Infelizmente, por conta do coronavirus, eu não consegui curtir uma verdadeira Slava (AINDA)!
Que nesse ano seja possível, amém.

OBS: as slavas costumam ser no fim/começo do ano, durante o inverno.

10. CIGARRO FRIENDLY

Isso é uma constatação e uma reclamação ao mesmo tempo.
Não tem UM lugar onde as pessoas NÃO FUMAM. TODO MUNDO FUMA EM QUALQUER LUGAR.
Dentro de casa, no restaurante, na academia (nesse caso, do lado de fora, mas fumam).
NÃo há chance de você sair e voltar cheirosa pra casa.

NAO HA CHANCE.
Acho que nunca vi tanta gente fumando na vida e fumando sem parar.
É um pouco irritante, um pouco sufocante, porque é um hábito geral – de jovens a idosos, em qualquer espaço.

De acordo com a autora do livro, a Sérvia é o país número 1 em consumo de cigarro – o que é foda.

E olha, já ouvi de amigos fumantes que mesmo para quem fuma, esse lance de cigarro liberado não é bom não.

MAS, UMA COISA; não ouse reclamar da fumaça, do hábito deles, ok?
Ache sua turma e vá para lugares onde você se sinta a vontade.


Espero que vocês tenham gostado e espero voltar com mais frequência.
Tenho muita coisa legal e interessante para dividir com vocês sobre essa lugar mágico, cheio de gente do bem e receptivo.

Vidimo se
(it means: see ya)

🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: