Tassicompartilha Tassindica

JÁ OUVIU FALAR EM LIUBLIANA – A FOFA CAPITAL DA ESLOVÊNIA?

Se você nunca pensou em conhecer a Eslovênia, deveria mudar de ideia.
Pra começar, o país também era parte da Iugoslávia e se tornou independente em 1991. Ou seja, por aqui você também encontra muita bagagem histórica.

Por estar geograficamente localizada no centro da Europa, o país sempre foi um ponto de encontro – ou passagem – para comerciantes, soldados e pacificadores. Talvez por isso o que se vê por aqui são verdadeiros tesouros.

Mas, vamos ao que interessa.
Se a Eslovênia é um tesouro, Liubliana (ou Ljubljana) é uma das moedas de ouro.

Conhecida como A Cidade dos Dragões, diz a lenda diz que a cidade foi fundada por essas criaturas até ser tomada pelos gregos. Entre tantas versões, a principal delas diz o seguinte:

Jasão e os Argonautas estavam fugindo com o velo de ouro e pararam em Liubliana. Como o rio era muito raso, tiveram a brilhante ideia desmontar o navio e levar cada pedacinho até o mar Adriático. Como o processo era demorado, eles tiverem que ficar um tempo na região >>> foi quando descobriram o dragão! O predador, que protegia a cidade, sentiu a ameaça e voou sobre o acampamento, ateando fogo em tudo – e comendo alguns gregos de brinde. Foi por essa razão que Jasão decidiu matar o dragão (como uma forma de se proteger). Então, armaram um plano e seguiram viagem pelo rio, procurando sinais dos dragões. A cada sinal encontrado, pegavam o sentido oposto do rio, com a intenção de encontrar o tal lar do dragão em segurança. Quando chegaram na tal cidade, Jasão mandou uma feiticeira dar um leve sonífero para a fera, conseguindo, assim, matá-lo o e fundar a cidade.

A cidade pitoresca também possui lindas paisagens arquitetônica, de vários períodos da história e, principalmente, graças ao trabalho de Jože Plečnik, um arquiteto esloveno do século XX responsável pelo planejamento da parte central da cidade.

Plečnik criou suas obras com um pensamento futurista “de que um dia a cidade seria uma grande capital europeia” e por isso ele a deixaria preparada para tal.
ACHO QUE ROLOU

Liubliana é uma cidade de cultura.

É o lar de inúmeros teatros, museus e galerias, e possui uma das mais antigas orquestras filarmônicas do mundo. Por isso, também é muto renomada na música clássica.
Só pra vocês saberem, mais de 10 mil eventos culturais acontecem todos os anos na cidade, entre eles, diversos festivais internacionais.

Veja você que, por aqui, a principal estátua é de um poeta: France Prešeren, um dos maiores poetas Românticos da Europa.
Pra eles, só se é possível construir uma nação quando se desenvolve sua língua. Talvez sejam esses os motivos que fizeram com que a Eslovênia seja um principais pólo de educação de altíssima qualidade (e grátis) aqui da Europa.

Resultado de imagem para estátua poeta liubliana"

Que mais?
O Rio Lublianica divide o lado Medieval, dando acesso ao castelo, do lado a comercial e político. É uma coisa linda de se ver

Outra coisa é que eles têm dois títulos bem legais:
1) “A cidade do vinho e da videira”, já que no passado era o centro de comércio de vinhos da região – e tem vinhos muito deliciosos
2) “Cidade Green”, já que foi considerada a capital mais verde da Europa em 2016, graças a sua política de “conscientização ambiental de seus cidadãos, sua estratégia de sustentabilidade, sua implementação de uma variedade de medidas de aéreas verdes urbanas ao longo da década e por sua impressionante rede de transporte”.

COMO SE LOCOMOVER POR ALI

Sinceramente, eu fiz tudo a pé. Pra mim, sempre é a melhor forma de conhecer os lugares. Ah, não tem metro, mas, se você quiser pegar um ônibus, é necessário comprar o Liubliana Card – chamado Urbana – no valor de 2 euros e carregar crédito nas banquinhas, porque ônibus não aceita dinheiro.

HOTSPOTS

O que você não pode deixar de ver, mas que você verá mesmo sem querer:

1 – Praça Prešernov trg

A praça Prešernov trg foi criada por conta de um entroncamento rodoviário em frente a um dos portões da cidade que leva à Ljubljana medieval.

2 – Ponte Tripla

A Ponte Tripla substituiu uma velha ponte de madeira medieval que ligava as terras do noroeste europeu ao sudeste da Europa e aos Bálcãs, em 1842.

3- Ponte dos Dragões

Se você não tirou uma foto na Dragon Bridge, você não visitou Ljubljana, hehehe.

4- Castelo de Liubliana

O Castelo de Liubliana é a principal atração da cidade.

Lá do alto você tem uma das vistas mais lindas da cidade – enquanto o castelo oferece uma exposição de museu sobre a história eslovena.

5 – Mercado Central de Liubliana

O que não precisa de explicações hehehe
mas vale lembrar que você pode provar um pouco mais da gastronomia local pelos restaurantes nos arredores.

6- Catedral de Liubliana

A catedral está meio camuflada no meio de tantos prédios, mas basta você achar a torre e uma cúpula verde. As portas são todas detalhadas em bronze e para cada alegoria existe um porquê – e foi criada para a visita do Papa João Paulo II. Dizem que por dentro é toda decorada e com pinturas lindas, mas como pagava para entrar, preferi não gastar com isso.

7- Ponte do amor (Mesarski most) 

Antigamente era chamada ponte dos açougueiros, onde vendiam carne ao ar livre e havia sangue por todo lado. #VEGGIELIFEPLEASE.
Depois do fim do açougue a céu aberto, decidiram colocar mais amor por aqui.

E sim, basicamente, a cidade é linda, acolhedora, aconchegante e com preços beeeem atrativos quando comparados ao resto da União Europeia.

*em breve, vou colocar um vídeo aqui para mostrar e contar mais sobre essa pequena grande cidade.

Bye bye ❤

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: