Tassicompartilha

UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA

Hoje acordei com vontade de dividir algumas coisas mais pessoais.


SPOILER
ESSE POST VAI SER UMA LEVE SESSÃO DE TERAPIA

Em novembro de 2018 eu decidi largar tudo pra viver no mundo.
No começo, confesso que não sabia muito bem como seria e, para me dar segurança, decidi entrar no rolê como freelancer (umas das vantagens em ser publicitária é que temos essa flexibilidade).

Outra coisa é que não estava sozinha, o que me fez demorar um pouco pra achar o MEU caminho. Eu estava vivendo o meu sonho num sonho que não era exatamente o meu – isso incluia muitas horas no computador, despesas que não queria ter, como Airbnb, Uber e ” despesas superficiais” pra mim (principalmente quando a ideia era viver mais com menos).
Era algo como: me vi fazendo coisas que não eram necessariamente as MINHAs prioridades.

Não sei, mas eu gosto de andar a pé, pegar uma bike, um busão, metrô. Me misturar com as pessoas, me perder nas ruas, entender onde eu tô.

Por isso, aquele tipo de vida começou a não fazer muito sentido, uma vez que eu estava aqui dentro, vendo o mundo lá fora – e senti que tava perdendo as oportunidades que eu, REALMENTE, queria ter (culturalmente falando).

Para deixar claro, eu sou muito grata a todo esse processo, mas cheguei à conclusão que estava realizando o sonho de outra pessoa, e isso não fazia mais sentido para mim.

Senti que estava sendo induzida a materializar coisas que não eram o que EU QUERIA, mas porque diziam que era as melhores pra mim. (sic)

Não estava sendo EU >> nem como EU SOU E NEM COMO QUERIA SER.
Não era assim que eu queria viver. Não queria pensar em grana – ou gastar tudo que tava ganhando pra sustentar um lifestyle que não queria ter – e muito menos ficar pensando em rentabilizar minha vida nômade – até porque, o dinheiro é um meio e não meu objetivo.
Penso que pra colher é preciso saber plantar.

MAS PRA COLHER É PRECISO PLANTAR SEMENTES DE VERDADE. AS QUE A GENTE ESCOLHE, AS QUE VÃO DEIXAR O NOSSO JARDIM COM AS CORES QUE A GENTE ESCOLHEU.


Como ão era bem assim que estava sendo, resolvi voltar pra casa.
A MELHOR COISA QUE FIZ.

Recebi o amor que tava precisando, pude me reorganizar e repensar a minha vida. D O J E I T O Q U E E U Q U E R I A T E R.
Era uma parada técnica e deveria ser rápida, MAS EU NAO TINHA MAIS PRESSA. E ali fiquei, plantando as minhas sementes no meu jardim, esperando florescer a vida que quero pra mim.

E ELA NASCEU! Com amor, calma, com foco em MIM.
E nesse pouco novo tempo que tô pelo mundo, acho que vivi uma vida.
Nasceu – e nasce – uma Tassi por dia.

Era como se a montanha-russa tivesse virado aquele passeio gostoso no parque, num domingo de sol. EASY LIKE SUNDAY MORNING!

Agora, hoje, neste momento, tudo que eu posso dizer é que achei meu caminho. E uma coisa que posso garantir é que amanhã eu também não serei a mesma de hoje e sei que isso só vai me trazer coisas boas e lindas.

Se perder pra se achar, né?
Sair da tempestade para viver a calmaria.
E amando tudo isso.

4 comentários

  1. Muitas pessoas bem intencionadas querem dar conselhos para que a gente seja feliz. Fazer escolhas “ recomendadas” é fazer o outro feliz , sem saber se seremos feliz com essa escolha . E se não formos, como colocar a culpa em alguém, se a decisão é nossa?
    Muitas vezes falar SIM para os outros é falar um redondo NÃO para vc mesma .
    A arte de aprender a fazer escolhas, de dizer não , de poder direcionar a vida , seja para qual lado for, é a arte de se responsabilizar pelos próprios sentimentos , sem ter culpa pra jogar em ninguém . E isso é maravilhoso .

    Curtir

  2. Caminho se conhece andando
    Então vez em quando é bom se perder
    Perdido fica perguntando
    Vai só procurando
    E acha sem saber
    Perigo é se encontrar perdido
    Deixar sem ter sido
    Não olhar, não ver
    Bom mesmo é ter sexto sentido
    Sair distraído espalhar bem-querer

    Chico César

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: