Tassicompartilha

ser nômade no canadá

Meu sexto país em 6 meses. Quanta coisa aconteceu, quanta coisa eu aprendi!
nossasenhora! Sem palavras pra explicar a sensação e as mudanças que aconteceram em mim.

A última experiência está sendo aqui, no Canadá. Quase nada mudou entre as minhas primeira impressões e depois de 1 mês neste país.

As pessoas continuam sendo amáveis.
As coisas continuam funcionando perfeitamente
O landscape tá cada vez mais maravilhoso.
Os choques diminuíram.
O frio as vezes me incomoda.
O respeito prevalece mesmo.
Andar na linha é regra.
E tudo lindo e maravilhoso.

Porém, gostaria de dividir um pouco mais sobre como é a experiência de nômade digital neste país tão simpático.

SEGURANÇA

VENHAM SEM MEDO!
O país é super seguro. Pra homem, mulher, homossexual, trans, ocidental, oriental, alto, baixo, gordo, magro, jovens ou idosos. Todo mundo pode andar tranquilo por aqui!

CONECTIVIDADE

Não acho bom negócio comprar um chip (sim card) por aqui.
Caso você não tenha um plano internacional já acertado por aí, os valores pra um pré-pago mensal custam, no mínimo, $50 *dólares canadenses.
Eu mantive tudo ON usando wi-fi grátis de todos os estabelecimentos – que funcionam super bem.

Não sei se tooodas, mas algumas cidades oferecem wi-fi, mediante cadastro específico.

De qualquer forma, não passei nenhum apuro por aqui, por não ter meu 4G.

PREÇOS

Bom, acabei não pagando hospedagem durante uma parte do tempo.
Mas adianto: Vancouver é uma das cidades mais caras da América do Norte – acho que o mesmo vale quando falamos de aluguéis via Airbnb, por exemplo.

Durante as minhas viagens para cidades fora do mainstream, acabei optando por dormir em motel – que têm o mesmo conceito dos EUA. Um quarto, por uma noite, custa em média $70 a $100.
Sem café da manhã, alguns super confortáveis, outros OK, mas nenhum era uma bosta. Todos ok.

Sobre hostels: confesso que acabei não pesquisando… mas acho que com os valores acima dá pra se tirar uma média do que vale ou não pagar para se hospedar.

AH, alimentação e compras (básicas): gente, dizem que “quem converte não se diverte”, mas eu acabei convertendo muito – já que estava ganhando em Reais e precisando organizar as finanças.
Um shampoo normal, (pantene/dove/tresseme) custa $12 – DOZE DINHEIROS, COMO AQUI NO BRASIL, MAS CONVERTENDO, SAI, MAIS OU MENOS R$ 50 (com taxas e IOF).

Sair para comer, gasta-se em torno de $35 (casal) = R$ 150.

Assim, as opções de compras no supermercado são excelentes… se você não converter, vai ser interessante, até pela qualidade das coisas que você encontra. Mas, se você precisar fechar os valores na nossa moeda, talvez saia um pouco caro.

Por exemplo: em qualquer café que parei para comer um salgado + expresso, nenhum saiu menos de $25 dols!

Portanto, faça suas contas, veja a sua realidade. Tiveram momentos que achei o Canadá uma fortuna, em outras me parecia justo rsrsrs

lembre-se de sempre se adequar à sua realidade

CLIMA-TEMPO

Cheguei aqui no primeiro dia de primavera. Alguns dias de sol, outros nem tanto – tipicamente canadense, com chuva e nuvens rsrsrs

Pra mim, uma pessoa solar, achei bem frio.
Dependendo da cidade, a noite faz 0º. Em alguns momentos, estava 12º no sol.
No meio do Canadá, ainda tinham vestígios de neve….
Acredito que quem gosta do sol, como eu, o verão é a melhor época para estar no país.

Se você gosta ou não liga pra temperatura, se manda pra lá que você vai ser completamente feliz!

LIFESTYLE

Olha, sendo sincera, fiquei muito pouco em Vancouver – e deu pra sacar que a cidade tem bastante coisa legal.
mas, se você gosta de agito, vida noturna, zoeira never ends, o Canadá é um país mais tranquilo.

Os Happy Hours começam cedo. 1h todo mundo estará em casa.
Se você optar por trabalhar ou curtir os cafés lindos que estão por todos os lados, saiba que 17h cai a caneta. e eles não medem esforços para mandá-lo (gentilmente) embora.

Sim, eles são certinhos, não existe dar um jeitinho, me deixar ficar um pouquinho, já tô acabando.. NADA DISSO. Regras são regras. Respeite as deles.

Também, ando trabalhando bastante, então acabei ficando em áreas mais afastadas de Vancouver, procurando uma paz e equilíbrio (e foco)… Tudo funcionava desta mesma forma.

Como quero ilustrar esse post, deixo aqui um videozinho que fiz pra mostrar as imagens a vocês.

Se tiverem mais dúvidas sobre o assunto, só chamar.

See ya

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: