Tassiaconselha Tassicompartilha

como viajar muda suas percepções sobre o mundo e sobre você

Faz tempo que não escrevo. Foram tempos de muito trabalho e muitas emoções.
Com essas emoções, também vieram reflexões e realizações.

Deixa eu contar um pouco pra vocês.

Viver no mundo faz a gente se deparar com muita coisa nova.
São lugares, idiomas, cultura, culinária. Tudo novo.

Cada dia um fuso horário, em cada canto novas esquinas para descobrir. Claro, nem sempre dá para curtir todas as atrações que as cidades têm, mas faz a gente ver o mundo de outra forma.

Por exemplo:

Existem lugares no mundo onde o respeito reina. Onde a gente pode caminhar com poucas (ou nenhumas) preocupações. Tipo, andar olhando pra trás, sabe? Aquela coisa que fazemos automaticamente em São Paulo… acaba sendo quase “uma falta de respeito” com a pessoa que está somente andando por aí hehehe

Lugares que carregam história pura e respondem a muitos porquês.

Como a gente descobres novas belezas arquitetônicas, naturais e artísticas.
Nova moda, nova forma de consumo, novos modelos de carros, novas línguas, novos costumes.

Tem dias que se tornam verdadeiros momentos de epifania, tipo: EITA, NUNCA PENSEI QUE TIVESSE ISSO OU QUE TAL COISA FOSSE ASSIM.

É um choque de boas realidades. Sim, um dia você vai dormir
e realiza quanta coisa absorveu de um mundo tão grande e tão pequeno ao mesmo tempo. Parece que a sua cabeça expande de tal forma que você muda conceitos
e quebra paradigmas. Uma coisa linda de sentir e viver.

Ao mesmo tempo, viver no mundo faz a gente se deparar com vários outros desafios – pessoais e profissionais.

Like what?
Ah, todo dia temos que nos reinventar, ir atrás de trabalho ou passar noites e finais de semana em claro para executar um bom trabalho. Desafios de não saber o dia de amanhã, se novos trabalhos virão na sequência ou qual será o próximo destino.

Pessoalmente falando, tem dia que também não é fácil. Às vezes, a saudade pega de jeito, em outras, existem momentos de “solidão”, já que a rotina é só sua. Tem dia que tudo parece estranho, que as coisas não estão encaixadas.

Claro, isso é completamente normal, afinal, cada dia é uma surpresa e, quando estamos “sem endereço”, a mente pode se perder em todos os caminhos.

Por isso, eu faço esse post para compartilhar algumas coisas que aprendi ao longo dos últimos meses.

Aproveite cada momento. Agradeça cada conquista, cada trabalho, cada café da manhã que você tomar.

Quando tudo parecer “errado” ou “complicado”, não desista. Somos feitos de emoções, apenas precisamos lidar com elas.

Não deixe que seus sonhos não sejam vividos por besteira. Respire fundo, faça chamada de vídeo no whatsapp com a família/amigos, olhe pra fora da janela e veja quanta coisa você tá realizando, vivendo e aprendendo.

Escolha lugares/destinos que te façam se sentir acolhido. Nada como se sentir em casa. E melhor ainda, lugares que te deem maior liberdade e menos preocupações.

Não pense muito na conta bancária. Tudo que a gente planta, a gente colhe. Quem faz tudo certinho, quem tem vontade, quem tem disposição e uma cabeça pensante terá sempre uma, duas, milhares de alternativas para se manter na ativa.

Por fim, encerro dizendo que os momentos de montanha-russa também podem ser divertidos. ou vai dizer que aquele friozinho na barriga também não é incrível?

Fico por aqui, seguindo meu caminho, trazendo novidades, depoimentos e experiências. Sim, sempre tentando equilibrar as boas e más emoções, junto com os aprendizados que são impagáveis.
Besitos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s