um pouco da experiência de viver em Lisboa

Eu já viajei para muitos lugares, inclusive pela Europa, mas, pela primeira vez, decidi ficar um mês em Portugal, aqui em Lisboa.

De cara, fui IMPACTADA! A cidade é linda linda linda, tem um charme especial, ruelas a perder de vista e o inverno mais quente de toda Europa.

Às margens do Rio Tejo, Lisboa me apresentou muito sobre história, sobre nossos antepassados e, claro, uma oportunidade única de desembarcar na Europa como nômade digital.

O IDIOMA COMO PONTO PARTIDA

É quase como chegar em casa, onde você pode falar, falar e falar. Apesar do sotaque ser um pouco raro, a comunicação é bem mais fluída e prática. Sem contar que, por aqui, todo mundo falar pelo menos 3 idiomas. E tem MUITO brasileiro trabalhando por essas bandas. ou seja, existem algumas oportunidades de “stay” por aqui*.

*Quero ressaltar que conversei com MUITOS brazucas sobre a mudança de vida pra cá. No geral, eles contam que não é fácil conseguir visto permanente, assim como o trabalho. A maioria está vivendo de serviços como Uber Eats, manicure e depilação, em restaurantes, etc. Vivem com um salário mínimo local e em bairros mais distantes. Mas todos estão felizes e vivendo com muito mais qualidade de vida.
Também conto que tenho alguns amigos brasileiros vivendo em Portugal, entre eles, uma arquiteta trabalhando em Estoril, um corretor de imóveis trabalhando na área, uma chef vivendo da venda de doces orgânicos, chefs de cozinha em restaurantes, etc. Ou seja, todo recomeço exige persistência, mas os resultados têm sido gratificantes para todos ❤
CUSTO DE VIDA

Com certeza, Portugal tem um dos menores custos de vida da Europa. O que se aplica para a vida nômade, como também para viagens à lazer. A cidade é tomada por turistas. 24h, pelos 4 cantos.

Apesar dos valores serem tentadores, nosso dinheiro não vale nada, quando comparado ao Euro.
As hospedagens mensais, de Airbnb, por exemplo, estão saindo em torno de R$ 4500 – em um bairro bem localizado.

COMIDINHAS

Comida tem de todos os preços, cores e sabores. Mas, no geral, têm ótimos valores. E muita coisa boa para se provar.
Destaque para os centenas de restaurantes veggie e vegan – um movimento que tem crescido MUITO por Portugal. Do ano passado pra cá, foram abertos 170 restaurantes vegetarianos e veganos em Portugal.

QUALIDADE DE VIDA

Muito boa! É possível andar tranquilo pelas ruas – tendo atenção aos pick pockets, já que o turismo é o que move a cidade.
Ah, e haja preparo físico. Muita ladeira, muitas subidas e descidas. então, tenha sempre um tênis MUITO confortável na mala.

CONEXÃO

Eu comprei um chip da Vodafone, que funciona muito bem e vale por toda União Europeia. Os restaurantes, cafés, bares, etc – onde tenho ficado para trabalhar – oferecem wi-fi também.
Mas, por aqui, ainda não existe nenhuma rede FREE WI FI da cidade. o que faz você ter que estar em algum estabelecimento pra isso.
*Destaque para Buenos Aires que têm wi-fi free na cidade inteira (e que funciona melhor do que o wi-fi da Fibertel heheh)

BELEZAS NATURAIS

Quanta paisagem linda aqui, MEU DEUS.
Eu, como trabalho, não posso ir a tooooodos os lugares turísticos de cara. Mas, sempre tiro algumas horas do dia, ou alguns dias da semana para conhecer as principais atrações – e aqui, como a gente anda o tempo todo – é possível encontrar uma beleza maior que a outra.
Sério, é impressionante.

VANTAGEM

Como Portugal é um país pequeno, é possível viajar por todos os lados.
Estoril, Cascais, Sintra, Porto… cada cidade você vai descobrir um encanto.
Duvida?

Veja essa galeria cheia de imagens de spots e highlights do visu daqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s