airbnb: expectativa x realidade

 

Uma das coisas que possibilitam a gente viajar o mundo é o Airbnb.
Puta site irado, né? A galera coloca sua casa pra alugar, você vê as fotos, o bairro, as facilidades e pronto. Você já tem novo endereço.

Mas o lance é o seguinte: nem tudo que reluz é ouro.
Dá uma olhada nessa galeria, tenho certeza que você tá pensando “caralho, que lugar foda”. Parece cenário de filme do Almodóvar, parece a casa dos sonhos.
Cozinha vintage, objetos de decoração cool. Caraca! É aqui.

Foi exatamente assim que escolhi esse lugar, beira-mar (que é o Rio da Prata), pôr-do-sol, varandinha, decor hype. Tinha tudo pra ser um Uruguay Way of Life, era ali que eu passaria os próximos 40 dias, sem pensar em nada, só curtindo.

Chegando lá, a primeira coisa que me pegou foi o bairro, o entorno e a localização do ap. De um lado um terreno baldio, do outro meio que um terminal de busão. A dona da casa disse que não era legal ir ao supermercado por essa rua, que era melhor virar aqui e ali e subir a rua x e que não era muito seguro pra sair pra comer a noite ou qualquer coisa assim. JÁ COMECEI A FICAR CHATI!

E o prédio? Bom…. muitos prédios da América Latina não tem porteiro/portaria, você entra com a chave e tal. Então, até ai ok. Mas o rolê era bem detonado e tinha cheio de mofo. MAS AIIIII, chegando no ap, a sensação de “me fodi” tava confirmada.
A casinha descolada tinha cheiro daquele casaco que a sua avó guardou por 40 anos no armário, tava empoeirada, suja e sei lá… PUTA QUE LOS PARIÓ, mas vamos enfrentar a vida, Tassi. Pode ser só uma impressão, tudo isso pode ser normal.
Então, abraça o capeta, fia!

Capeta abraçado, resolvi curtir a noite. Acabei saindo pra comer, eram só 4 quadras, mas que me fizeram entender que NÃO É LEGAL NÃO É LEGAL. Ok.
Então bora dar aquela deitadinha no sofá.

GENTEM, meu corpo inteiro virou pura coceira. Caralho! Então, vou deitar na cama, dormir, pra esse dia acabar logo. O QUE CEIS ACHAM? Tinham mais aranhas e teias do que espaço para deitar. Enfim… decidi que não ia dormir e, passando a noite em claro, descobri que tinha uma obra praticamente dentro do ap.
Fuck off. Vou embora daqui.

Passei as últimas horas buscando outro lugar pra ficar e fui embora.

MAS, ENTÃO, COMO NÃO CAIR EM ROUBADA NO AIRBNB?
Migos, listei as principais coisas, de acordo com esse aprendizado e, com o passar do tempo, vou atualizando vocês.
A princípio:

√ SE LIGA NAS IMAGENS
Se o anúncio tiver muitas fotos dos detalhes da casa, questione.
Questione também se houver mais fotos do entorno, bairro ou atrações turísticas do que do próprio lugar.

√ ESTRELAS DO AIRBNB
Tá tudo bem avaliado? Localização, limpeza, anfitrião, valor, localização… Olhe cada detalhe.

√ LOCALIZAÇÃO
A gente que é estrangeiro precisa se ligar nessas coisas. O Google tá aí para você revirar do avesso e descobrir qual seria um bairro legal para estar, caminhar, que tem tudo perto, etc e tal. Uma localização zoada, vai te dar uma imagem zoada do rolê como um todo.

√ VALOR MÉDIO
Existe um certo valor base para as cidades, de acordo com o próprio Airbnb. Esmola demais, o Santo desconfia. Portanto, ache uma boa alternativa dentro dessa média.

√ E, PRINCIPALMENTE, LEIA OS REVIEWS!
O site é colaborativo, feito por recomendações e comentários de quem já foi no lugar. Esse ap que aluguei não tinha nenhum review, eu seria a primeira hóspede (e até ai tudo bem, mas junte a todas as dicas anteriores antes de se aventurar em ser o BETA desse anúncio).

Então, leia com calma o que tá sendo dito sobre o anfitrião, sobre o espaço, infraestrutura, bairro, facilidades próximas, etc etc etc etc.

OBS: galera, por isso é muito importante deixarmos sempre reviews no Airbnb, TripAdvisor e todos esses – ajuda os nômades digitais a não vacilarem nesse mundão! ♥

DICA BÔNUS: ECONOMIZE
Viajar e trabalhar requer concessões, uma delas é com gastos “supérfluos”. Ou seja, tenha uma cozinha equipada para cozinhar, veja se dá para fazer coisas caminhando, se tem máquina de lavar e coisas do tipo.

E só pra avisar: sai do pulgueiro e vim parar em Beverly Hills. Brincadeiras à parte, usei todas essas dicas pra ficar confortável, economizar e estar segura.
Acho que é o mais importante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s