uma ideia na cabeça e uma mala na mão

Screen Shot 2018-11-11 at 8.07.04 PM

É mais ou menos assim: a gente estuda, vai atrás, consegue um emprego numa empresa legal, ganha nossas responsas, temos nosso reconhecimento profissional e um salário legal pra morar sozinha, dirigir um carro automático, curtir com os amigos, tirar férias uma vez por ano, passar o ano novo na Bahia e tudo mais.

Sim, é natural que com esse boost na carreira, nossa vida ganhe novas formas, novas perspectivas. O padrão aumenta e as nossas exigências também.
E é assim que a gente vai se adaptando a uma zona de conforto pessoal – afinal, tudo está funcionando perfeitamente bem. A rotina com os amigos, os almoços dominicais com a família, o happy hour da agência.

Essa era a minha vida. Sem colocar, nem tirar. A vida que me trazia um alto grau de satisfação pessoal e profissional. Meus amigos, minha família, minha casa, minhas férias, meu trabalho irado, meu reconhecimento e assim por diante.

Mas, me faltava UMA única coisa: TEMPO. Tempo para estudar, focar em projetos pessoais. TEMPO para viajar mais e descobrir novas culturas. TEMPO para dormir, repensar, ficar de boa.

Foi aí que tive um insight: eu posso ter tempo, trabalhar fazendo o que amo, viajar ainda mais e tirar meus sonhos do papel.
Eu percebi que NÃO preciso desse padrão que eu mesma criei pra mim. Não preciso de um salário grande o suficiente para manter meus gastos pessoais, como plano de celular, academia, aula particular de inglês, carro, restaurantes, manicure.

Mas, como assim?
Assim mesmo! Eu preciso apenas de uma mala, um computador e uma passagem de ida. PRECISO APENAS DE UM NOVO MIND SET, deixando pra trás aquelas mil trocas de roupas para correr no parque, almoçar com as amigas, jantar com o namorado, beber com os amigos. Vi que podia largar mão do meu aluguel, das prestações do meu carro, afinal EU POSSO TRABALHAR DE QUALQUER LUGAR.

EU POSSO VIVER MAIS COM MENOS.
E é por isso que hoje eu tô aqui, vivendo como nômade digital – termo da moda, mas que pode trazer uma grande liberdade para pessoas que, como eu, acreditam que o mundo é grande demais pra gente ficar preso em contas e boletos pra pagar.
Espero dividir essa experiência com vocês e, mais ainda, que possa levar novas perspectivas para quem quer se jogar nesse mundo!

2 comentários Adicione o seu

  1. Carollica disse:

    Show Tassi!!! Muito sucesso nessa jornada e conta mais, conta da casa, como vai morar, trabalhar, etc… enfim detalhes de tudo

    Curtir

    1. Lindaaa, que comentário delicioso!!! Brigada!!!
      Vou contar tudo sim, tim tim por tim tim ❤
      beijo enorme

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s